sexta-feira, 21 de maio de 2010

O Sucesso incomoda?

Sucesso é uma palavra que pode ter o lado bom e ruim ao mesmo tempo, fazer sucesso é o que todo artista ou musico espera com seu trabalho e criatividade, mas quando o sucesso vem de outra pessoa como nos comportamos?...será que somos sinceros o bastante pra reconhecer e aplaudir quem faz sucesso?...ou será que conseguimos reconhecer o sucesso de alguem que no nosso ponto de vista é um concorrente?...até que ponto eu torço pelo sucesso do meu irmão?...são perguntas que carecem de uma reflexão antes mesmo de uma resposta. O sucesso na nossa vida nos traz alegria e satisfação, mas quando é com nosso irmão as veses traz inveja...conheço pessoas que na busca por sucesso se sentem incomodadas com o sucesso alheio e não admitem conviver com a prosperidade do vizinho...estou falando de musica sim, infelismente existem pessoas que por não terem chegado ainda onde querem conseguem criticar quem ja chegou la...me lembro que quando começei como DJ tinha varios amigos que ja faziam sucesso e era neles que eu me espelhava para proseguir em frente, sempre admirei o sucesso de pessoas ligadas ao mesmo ramo musical que eu mesmo que não tivesse uma amizade comigo, ter alguem pra ser seu referencial que ja atingiu o sucesso que voce espera ter é uma dádiva...pense em quanto se pode aprender com as experiencias de quem ja faz sucesso e pode com seu trabalho ou até mesmo sua amizade nos encoragar pra fazer o mesmo ou quem sabe até mais...só que a inveja muitas veses atrapalha esse processo de crescimento que Deus quer nos dar, ficamos tão incomodados com o sucesso do próximo que impedimos Deus de trabalhar em nossas vidas...minha própia carreira no Rap Gospel me fez refletir em algumas coisas a respeito desse asunto ja que ainda sou alvo de muitas criticas por parte de pessoas que poderiam tranquilamente andar lado a lado comigo se essa inveja sem sentido não atrapalhasse...a questão é: o sucesso causa a inveja?...a resposta é sim, em alguns casos seu sucesso pode virar inveja no coração de pessoas que estão ou não próximas a voce, cabe a voce administrar esse momento pra não ser taxado de marrento, arrogante e coisas do tipo, infelismente sempre vai haver alguem com inveja do seu sucesso, e enquanto isso acontecer saiba que voce esta no caminho certo...Sucesso e paz a todos.

domingo, 9 de maio de 2010

O Evangelho do Hip-Hop segundo Dj Alpiste

Parece que foi ontem que o fenomeno chamado HIP-HOP completou 35 anos de idade vindo da Big Aplee chamada New York City. Em 12 de novembro de 1974 o lendario Afrika Bambata fundou a Zulu Nation organização criada para disseminar o movimento cultural mais influente no mundo até hoje, junto com o Dj Jamaicano Kool Herc que em meados dos anos 60 veio da famosa ilha do Reggae empolgado com a nova onda que os Djs de la faziam com seus BoomBox montados em cima de carros de soms falando e rimando em cima das musicas como perfeitos Mestres de Cerimonias agitando a galera que gostava de dançar nas noites jamaicanas. Kool Herc chegou a New York pronto pra fazer história e investir num novo meio de entretenimento musical que nem mesmo ele sabia como ia ser recebido, o primeiro passo foi contratar um Dj capaz de receber a ideia e desenvolver na pratica a nova onda musical, e esse Dj era outra lenda do Hip-Hop chamado GrandMaster Flash, essa parceria rendeu grandes festas promovidas no famoso bairro do Bronx onde tudo começou...paralelamente Bambatta reunia as gangs de rua para praticar outro quesito lendario no movimento chamado de Break Dance onde varios passos acrobaticos se misturavam a movimentos robóticos quase indescritiveis ao som de muito Funky Music onde os MC's rimavam palavras de ordem pra animar a galera, essa mistura de rimas com funky music seria batizada de Rap em pouco tempo, e o termo MC veio dos antigos bailes de Rock onde os negros americanos dançavam e eram animados por um dos musicos das Big Bands ao microfone conhecido por Mestre de Cerimonia...ja o termo DJ foi agregado vindo das radios FMs onde os locutores eram conhecidos como Disc-Jockeys (DJ). Outro elemento que seria agregado e muito respeitado até hoje foi o Grafite, arte revolucionaria que pintava os trens e os muros de New York colorindo e protestando contra a exclusão social dos jovens Afros-americanos. A primeira gravação oficial de um Rap (oficial pq nesses tempos varias bandas de Funk ja se utilizavam do Rap em suas musicas como o caso do Chic, Gap Band, e outros) foi Rappers Delite com o SugarHill Gang, fato que rendeu muita polemica por ser feito com o sampler de um sucesso da banda Chic: Good Times...ja o primeiro artista de Rap a gravar por uma grande gravadora foi Kurtis Blow conhecido como "The King of Rap"...moda, atitude, estilo, dialetos e até um som revolucionario fazem parte dessa Cultura de Rua que ganhou o mundo e influenciou gerações nesses mais de 35 anos. Coisa que não se deve confundir de maneira nenhuma é o fato que Rap é a musica e Hip-Hop é o movimento o qual o Rap faz parte junto com o MC o DJ o Break e o Grafite...4 elementos de uma cultura que se transformou em estilo de vida. O termo Hip-Hop foi dado por Afrika Bambata lembrando o ruido que o DJ fazia com os Scratchs...o que começou como forma de entretenimento virou protesto na voz e no som de GrandMaster Flash and the Furious 5 no hit "The Message" que virou hino do Rap consciente dando outro rumo para a musica que vinha do gueto, Samplers e produções caseiras viraram Hits pelo mundo todo e venderam milhões de cópias transformando o Hip-Hop no maior fenomeno musical de todos os tempos.